Tonolucro

Ataídes destitui Cinthia Ribeiro da presidência do PSDB de Palmas e expõe crise interna

Vice-prefeita deverá ser eleita nesta quarta-feira presidente do diretório metropolitano do partido; senador não concorda

CLEBER TOLEDO, DA REDAÇÃO 18 de Apr de 2017 - 18h45, atualizado às 07h19
Compartilhe
Foto: Divulgação
Cinthia com membros do PSDB de Palmas: reunião do dia 11 teve que ser realizada em frente à sede porque estava trancada
Cleber Toledo
Da Redação

O presidente do diretório regional do PSDB, senador Ataídes Oliveira, destituiu a vice-prefeita Cinthia Ribeiro da presidência da comissão metropolitana no dia 11, mas ela contou ao CT que só soube nesta terça-feira, 18. No lugar dela o parlamentar colocou o ex-deputado estadual Carlão da Saneatins, que é indicado do senador para a superintendência do Incra do Estado. “Uma atitude autoritária, totalmente arbitrária”, definiu Cinthia sobre sua destituição. Nesta quarta-feira, 19, ela deverá ser eleita presidente do diretório metropolitano do PSDB.

Segundo a vice-prefeita, Ataídes não concorda com a decisão unânime dos tucanos de Palmas de transformar a comissão em diretório. “A comissão nos traz insegurança jurídica, não nos dá estabilidade”, explicou Cinthia. "Essa destituição só mostra que temos razão: é preciso transformar a comissão em diretório."

A vice-prefeita disse que o partido na Capital apenas está cumprindo resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e normas do próprio estatuto da legenda. Outras comissões provisórias, segundo Cinthia, foram transformadas em diretórios sem qualquer interferência do senador. Ela citou os casos de Pium e Paraíso.

Reunião na frente da sede
Cinthia disse que no dia 11, data da intervenção só descoberta nesta terça, a comissão metropolitana tinha programado uma reunião preparatória para a eleição do diretório para as 18 horas. “Porém, meia hora antes, um funcionário do senador me ligou e disse que estava proibido fazer a reunião lá. Quando chegamos na sede do PSDB estava tudo trancado. O prédio é pago com dinheiro público do fundo partidário”, defendeu a vice-prefeita. A reunião acabou sendo realizada em frente à sede.

A presidente destituída da comissão disse que seus advogados ingressarão com uma ação na Justiça para garantir a realização da eleição desta quarta para a formação do diretório metropolitano. “A eleição vai ocorrer, pode estar certo”, assegurou.

O CT tentou ouvir o senador, mas as ligações caíram na caixa de mensagem.

Comentários

Redação: Palmas, Tocantins, Brasil, +55 (63) 9 9219.5340, +55 (63) 9 9216.9026, redacao@clebertoledo.com.br
2005 - 2018 © Cleber Toledo • Política com credibilidade
ArtemSite Agência Digital